Grammy 2016: o que teve

Hoje é dia de conferir as tendências e o que as celebridades do universo musical escolheram para desfilar no tapete vermelho da maior premiação da música na última segunda-feira. E olha que no quesito unhas muitas das nossas divas deixaram a desejar... Confira!

Elas deixam o público de queixo caído com seus vozeirões e beleza, mas quando o assunto é o cuidado com as unhas, muitas divas acabam nos surpreendendo negativamente. E depois do brilho de Beyoncé e Lady Gaga no SuperBowl, o que vimos no último Grammy 2016 foi um festival de acabamentos malfeitos. No fim da noite quem venceu foi a simplicidade certeira e sempre fiel. E nós escolhemos três destaques positivos e três negativos para compartilhar com você.

Mas antes vamos falar da nossa diva-master-camaleoa-talento-puro Lady Gaga, que fez sua segunda presença marcante nos festivais deste mês com uma homenagem à David Bowie, do figurino à performance. Ela chegou com unhas postiças stiletto nude que foram retiradas durantes suas trocas de figurino no palco, mas nem por isso ficou menos diva.

Enquanto isso, outras celebs foram divididas entre os times do erro e do acerto. E entre as que fizeram escolhas simples, mas corretas, estão Adele, que manteve a personalidade marcante de sempre com suas stiletto vinho escuro sem brilho e Demi Lovato, que apesar de escolher não ousar nas cores e seguir o visual preto básico, ao menos estava com as unhas bem acabadas e finalizadas, quase em stiletto curto, e a brasileiríssima Alessandra Ambrosio, que sempre lacra com seu visu modelette e caprichou co unhas almond nde pêssego.

E no time das escorregadas manicurísticas, quem levou a pior foram as belas Ellie Goulding, que escolheu um esmalte da cor do vestido mas devia estar na correria, porque mal tirou os cantinhos da pintura, Selena Gomes com unhas postiças stiletto sem acabamento e uma delas bem tortinha, além da nossa amada Beyonce, que apareceu nos 45 do segundo tempo só para entregar um prêmio, com as unhas cruas, sem nem uma base. A correria da nova turnê deve estar mesmo cruel...

Destaque para Taylor Swift, que apesar de já ter apresentados visuais beeeeem melhores em edições anteriores da premiação, levou pra casa uma coleção de prêmios e milagrosamente abandonou o visual-sempre-largado-das-unhas-curtas e apareceu com uma esmaltação simples em glitter. Melhor que nada, né.