04 dicas de higienização para evitar infecções

Um dos itens mais importantes para o bom trabalho de uma manicure é o cuidado com a saúde – da cliente e dela mesma! Por isso hoje separamos algumas dicas para auxiliar no processo de higienização e evitar infecções e outras doenças.

E para falar deste tema separamos um post que o Look das Unhas publicou com informações muito boas para auxiliar você e suas clientes a ter uma rotina de beleza segura e saudável. Confira!

Você sabia que a higienização é um aspecto importante não apenas na reputação do salão, como também na segurança das clientes? As mãos são portas de entrada para infecções causadas por fungos, germes e bactérias. Daí a importância dos salões de beleza — especialmente os que oferecem serviços de manicure e pedicure — tomarem cuidados relacionados à higiene do local, esterilização dos instrumentos e segurança dos procedimentos.

Vale lembrar que a higienização incorreta pode provocar micose, hepatite e sérias doenças virais, a exemplo do HIV. Quer saber como evitar infecções nas unhas? Então continue lendo o nosso artigo e confira a seguir algumas dicas práticas de cuidados da manicure que vão aumentar a higiene e segurança do seu salão de beleza. Vem com a gente!

 

Não abra mão da esterilização

O principal cuidado que os salões devem adotar para garantir a biossegurança dos procedimentos é a esterilização. Por meio da esterilização, os micróbios são destruídos e as bactérias, fungos e vírus também. Para garantir uma esterilização eficaz é indispensável usar o autoclave, um aparelho que funciona através de calor e pressão. Apesar da esterilização ser bastante eficiente, se as suas clientes preferirem fazer as unhas com um alicate próprio e individual, ofereça essa alternativa no salão.

 

As manicures devem usar luvas e roupas limpas

O ideal é que a manicure também cuide com rigor da sua aparência pessoal. As roupas devem ser claras e precisam estar sempre limpas, sem marcas de esmaltes, resíduos de alimentos e outras sujeiras. Vestir jaleco é uma ótima opção para transmitir a ideia de higiene e profissionalismo. Além disso, outra medida importante é lavar as mãos, ter as unhas bem limpinhas e usar luvas na hora do atendimento.

 

Use materiais descartáveis

Para afastar os riscos de contaminações e eventuais infecções, o mais indicado é usar materiais descartáveis, incluindo a lixa e o palito. Em vez de bacias com água, as clientes podem usar meias e luvas descartáveis com um produto emoliente para amolecer a cutícula e facilitar o procedimento.

 

Cuide do material de trabalho

A limpeza e manutenção do material de trabalho também são cruciais para a segurança e higiene do salão. Sendo assim, limpe as superfícies (mesinhas, bancadas, balcões) com água e detergente. O álcool 70% também é um produto recomendado para a desinfecção. Após o uso dos objetos metálicos, coloque-os em estufas ou em autoclaves para esterilizá-los. Se o estabelecimento não tiver nem autoclave, nem estufa, use produtos germicidas específicos.

Por fim, é fundamental que o salão conte com várias toalhas brancas. Essas toalhas precisam ficar sempre limpas e cada cliente deve ter suas próprias toalhas. Também é importante ficar de olho na validade dos produtos utilizados, como cremes, removedores e esmaltes.

 

Gostou das dicas?

Conta pra gente se você já pratica essa técnicas em sua rotina e que outras opções indica para quem quer entrar no ramo. É só registrar nos comentários!